Não foi na madrugada

Erramos. Aliás, errei. A votação do arcabouço fiscal não ficou para a madrugada de ontem. Acontece nesta manhã de terça, 16 de maio, a apresentação do projeto alterado aos deputados, e na noite de amanhã, aí sim, se tudo correr bem, a votação no plenário se inicia. Arthur Lira aproveitou a entrevista com Cláudio Humberto, também no sia de ontem) e afirmou que o arcabouço não se trata de um projeto de governo, e sim de um projeto de estado. Palavras bonitas. PT já foi orientado a não votar contra (quem diria, o partido do presidente necessitar ser enquadrado), e nem a apresentar qualquer emenda – explico depois o motivo dessa briga interna. Vamos só aguardar e ver se todos os deputados vão concordar em só votar como querem os presidentes Lira e Lula.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.